top of page

Sagração Episcopal na Diocese de Maceió

Dom Tiberio é sagrado bispo e assume como coadjutor

da Diocese Católica Brasileira em Maceió/AL

No último dia 1º/05, dia do glorioso São José Operário e início do mês dedicado à Santíssima Virgem Maria, em Solene Missa Pontifical realizada, as 16h, na Catedral de São Cícero do Juazeiro, Bairro Feitosa, Maceió/AL, recebeu a sagração episcopal o Revmº Pe. Tiberio Teylon dos Santos Correia – eleito Bispo Coadjutor da referida diocese icabense no último Concílio Nacional realizado em julho/2023 em Brasília/DF.

Dando seguimento à legítima sucessão apostólica recebida pela Igreja Católica Apostólica Brasileira dada por São Carlos do Brasil, o eleito Dom Tiberio, ascendeu à plenitude do ministério sacerdotal ao receber a sagração para o episcopado, tornando-se bispo da Santa Igreja e nomeado coadjutor da Diocese Católica Brasileira de Maceió (AL) com direito à sucessão ao governo pastoral da mesma.

A cerimônia foi presidida por S. Exc.ª Rev.ª Dom Walbert Rommel Coêlho Galvão Barros (bispo diocesano de Maceió e sagrante principal), ladeado por Dom Wagner Perez Rodrigues (diocesano de São Paulo/SP, primeiro cossagrante) e Dom Paulo César Polidoro (bispo de Viana/MA, segundo cossagrante), que no rito próprio conforme as rubricas do Pontifical Brasileiro transmitiram a sucessão apostólica e a plenitude do Espírito Santo ao eleito. A solene celebração litúrgica foi concelebrada por Dom José Carlos Ferreira Lucas (bispo coadjutor de Brasília/DF e conselheiro presidente do Conselho Episcopal da ICAB), Dom Josivaldo Pereira de Oliveira (diocesano do Rio de Janeiro/RJ, Primaz do Brasil e conselheiro vice-presidente do CE/ICAB), Dom Manuel José da Rocha Neto (bispo de Natal/RN e presidente do Tribunal Eclesiástico ICAB), Dom Gustavo de Lima Sousa (bispo de Jaboatão dos Guararapes/PE, na ocasião orador sacro da sagração) e também Dom Ademir Gomes Lima (diocesano de Recife/PE e bispo conselheiro representante do Regional Nordeste CE/ICAB), o qual conforme previsto pelo Código Eclesiástico (CEIB) e Estatuto da ICAB deu posse ao coadjutor Dom Tiberio.

O solene pontifical de sagração aconteceu ainda nas presenças de diversos sacerdotes e seminaristas icabenses, entre os quais o Rev.mo Padre Jofre (de Maceió/AL, mestre de cerimônia), Pe. Samuel (de Palmas/TO e presidente da Fundação São Carlos do Brasil/PA), Pe. Romilson (Jaboatão/PE), Pe. Diogo (Aracaju/SE) e do neo-sacerdote Rev.mo Pe. Luiz Cláudio Zóboli da Cunha (de Vitória/ES) – ordenado presbítero no dia 07/04/2024 – o qual presidiu, no dia anterior, Santa Missa em Ação de Graças pelos Dons do Espírito Santo durante a vigília preparatória para a sagração - com a presença do eleito, outros sacerdotes e inúmeros fiéis.

A Igreja Catedral, festivamente ornada para ocasião, estava repleta, em grande número de fiéis de diversas regiões além dos próprios diocesanos locais, autoridades civis e militares, além de líderes religiosos de muitas outras denominações irmãs.

Todos os presentes foram calorosamente acolhidos por apresentações musicais da Banda do Corpo de Bombeiros Militar, que deu abertura à cerimônia coma execução do Hino Nacional Brasileiro, sendo em seguida iniciada a Missa Pontifical de Sagração – na qual se deu também a posse do consagrado a condição de bispo coadjutor da Diocese de Maceió/AL.

Dom Tiberio Teylon dos Santos Correia, filho de Antônio Correia da Silva (motorista particular) e Maria Cícera dos Santos (empregada doméstica) nasceu em 23 de julho de 1988, em Maceió, Estado de Alagoas. Ele é casado, há 07 anos, com a Dra. Walleska Bismaida Zacarias Galvão Barros Correia e em 2021, nasceu seu filho primogênito, Wáltiber Tarso. Graduou-se em Letras pela Universidade Federal de Alagoas em 2018 e recebeu o título de Mestre em Letras e Linguística no ano de 2020 pela mesma Universidade. Atualmente é doutorando do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal de Alagoas. Desde de 2022, é Professor da rede estadual de ensino.

Iniciou sua caminhada na ICAB no ano de 2004 e logo começou sua formação religiosa no Instituto de Formação Eclesiástica Dom Wanilo Galvão Barros, nesta diocese. Concluída sua Formação, foi ordenado diácono em 23 de maio de 2009. Três anos mais tarde, foi ordenado presbítero em 01 de julho de 2012. Sempre atuante na Diocese de Maceió, em 2013 tornou-se vigário auxiliar da Catedral de São Cícero do Juazeiro. Em 2017, passou a ser Vigário Geral da Diocese. Neste ínterim, participou da implantação da Igreja de Nossa Senhora Aparecida. Em 2022, foi um dos que esteve à frente da reativação da Paróquia de São Francisco de Assis no bairro da Jatiúca.

Dom Tiberio também foi atuante no tocante à Igreja Nacional, tendo sido membro do Conselho Presbiteral, órgão consultivo da Igreja; e, por dois anos consecutivos, membro do Conselho Fiscal da Igreja. Dada sua cooperação com a Santa Igreja de Deus e cumpridos os requisitos necessários, foi escolhido por seu Bispo Diocesano, Dom Walbert Rommel Coêlho Galvão Barros, como seu sucessor. Assim, por ocasião do XXVII Concílio Nacional da ICAB, realizado na Diocese de Brasília - DF, em 13 de julho de 2023, dia de Nossa Senhora Rosa Mística, foi eleito Bispo Coadjutor para a Diocese de Maceió-AL.















106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page